Nada acontece por acaso (voltar)

Será o acaso uma ordem não compreendida, ou apenas não existe?
Na natureza nada se perde nada se ganha, tudo se transforma.
Na vida nada acontece por acaso, tudo tem uma razão de ser.
O acaso não existe, tudo tem uma ordem, uma ligação direta com o passado e uma grande influência no futuro.
O caos é sinónimo de não vida. A vida é uma fonte inesgotável da ordem e da consequência.
A razão de ser, não advém do acaso mas de uma ordem cósmica.
A teoria do caos ou o efeito borboleta, inicia-nos a pensar que todos os actos têm uma consequência, muitas vezes de proporções que não damos conta.
A acção humana é um claro exemplo deste pensamento.
São pensamentos que nos levam a meditar no sentido da vida e que ninguém encontrou uma resposta definitiva.
A ordem que aparentemente a natureza encontrou para gerar vida até à morte, é por vezes incompreensível. Será esse acaso também uma ordem não legível. Tudo o que nós conseguimos explicar tem uma dimensão que conseguimos compreender. E para além da nossa compreensão?
Será o acaso uma ordem não desvendada?
O que é a morte? Outra dimensão da vida? Uma consequência desta? Uma ordem natural de um trajecto e uma dimensão que não conhecemos?
E o acaso será o principio do caos ou da ordem? Tudo advém do caos e se transforma em ordem?Tudo tem uma razão de ser, não existem coincidências. Tudo está predestinado a nascer, viver e morrer. Tudo tem uma ordem que não foge do rumo para que foi destinado.